domingo, 7 de janeiro de 2018

PATTI SMITH - uma visão astrológica

Eis que Mercúrio transita pelo decano final de Sagitário - exatamente sobre grau do ascendente de Patti Smith, a alta-sacerdotisa do punk americano setentista. (1)


Coincidiu de me emprestarem o Linha M, segundo livro auto-biográfico da cantora. Movido por essa sincronia resolvi dar uma olhada em seu mapa natal, destacando aqui alguns aspectos de seu gênio criativo e vida profissional.




ASCENDENTE EM SAGITÁRIO

There is no land but the land
There is no sea but the sea
(up there is just a sea
sea of possibilities)

O signo do centauro costuma conferir à quem nasce sob sua ascendência uma positividade inquebrantável. A palavra chave do centauro é a fé: para que chegue longe a flecha deve ser mirada ao alto - e não importa que o céu esteja fora de alcance. Fé de que a vida é fundamentalmente misteriosa, e portanto deve ser encarada com grandeza de espírito.

Quando largou o emprego em uma fábrica no interior para se aventurar sozinha em Nova York, seguiu sustentada pela pureza de sua intenção de realizar-se enquanto artista. Ao chegar no terminal rodoviário, descobriu que o preço da passagem havia dobrado, ultrapassando em muito o dinheiro que tinha. Foi então que encontrou, na cabine telefônica, uma carteira sem nenhuma identificação - com o valor em dinheiro que faltava para completar a passagem.

Desembarcando em NY foi morar na rua, mendigando comida, e no entanto, não duvidou em momento algum de sua escolha. NY estava fervilhando em 1967, e vivendo no hotel Chelsea conheceu a nata e a escumalha da contracultura americana. No entanto, seu relato (publicado tardiamente no autobiográfico "Só Garotos") não mostra traço algum de ressentimento: a típica generosidade sagitariana.


MERCÚRIO EM SAGITÁRIO na Casa I

Mercúrio tem seu júbilo na casa I. O júbilo costuma trazer aos nativos um grande contentamento em viver as significações daquele planeta - no caso de Mercúrio, a escrita, cálculo e a comunicação. (Porem, em Sagitário, está em seu exílio, operando menos por operações lógicas e mais por saltos intuitivos.) Smith dedicou sua vida à poesia (o sucesso como cantora emergiu daí) e não raro passava semanas à fio imersa em leituras. Partindo de uma paixão juvenil por Rimbaud, peregrinou por diversos países atrás dos locais de vida e jazida de artistas que lhe fascinavam. Seu canto tem as características de Sagitário: ardorosa, galopante, a voz erguendo e se esgotando em sucessivas ondas de entusiasmo.



Mercúrio rege também sua casa X - que significa a carreira. Estando em posição forte e benéfica, sugere sucesso profissional. Sendo um planeta exilado, podemos esperar por descontinuidades. Sagitário é um signo mutável, também chamado de "bi-corpóreo" - indicando uma carreira múltipla, tanto no sentido de múltiplas atividades (pintura, canto, moda, atuação, fotografia, poesia, prosa - Mercúrio ama a variação!) quanto de intervalos de sucesso alternados com relativa obscuridade.


LUA EM PEIXES na Casa IV

A Lua em Peixes costuma prover seus nativos de uma índole romântica e sonhadora. Estando tanto Mercúrio quanto a Lua em signos mutáveis, sua alma adquire as qualidades da flexibilidade, inconstância, leveza e versatilidade, além de certa tendência à preguiça.

A Lua está na casa IV em posição mutável - sugestiva de mudanças frequentes de moradia. De fato, Smith morou em 3 cidades diferentes só na infância; na juventude largou Nova Jersey para ir morar em Nova York, e passaria ainda mais de uma década com seu marido em Michigan.


SATURNO EM LEÃO na Casa IX

Jesus died for somebody's sins but not mine

A casa IX testemunha sobre assuntos de religiões organizadas e sacerdotais. A mãe de Patti era testemunha de Jeová e ela teve uma criação rigidamente religiosa. Na adolescência viria à rejeitar todas as religiões organizadas - Saturno exilado e retrógrado pode trazer inclinação à impiedade ou descrença. Quando compôs seu famoso cover da canção "Gloria", adicionou um verso ao início da canção: "Jesus morreu pelos pecados de alguém, mas não pelos meus".

Contudo, o Sol, regente da IX, está na casa de Saturno - uma situação chamada "franqueza" ou "generosidade" (quando dois planetas não se aspectam mas estão na casa um do outro). Smith diz reconhecer os paralelos entre diversas religiões, rejeitando apenas seu aspecto dogmático. Saturno rege também a III em seu mapa, casa ligada à magia e adoração de Deusas. Sua conduta para com os sonhos, sua arte e os artistas que venera é sem dúvida bastante ritual, incluindo aí uma relação próxima com o Tarot.


TEMPERAMENTO

Sanguíneo - o temperamento ligado ao ar, de qualidade quente e úmida - bastante adequado para uma cantora e escritora. Pessoas de temperamento sanguíneo são simpáticas, sociáveis, afeitas à viagens, conversas e leituras, mas podem também se revelar superficiais e instáveis.




SENHOR DA ALMA

Assim como Sagitário, Peixes é também regência de Jupiter (e Venus por exaltação). Como a última aplicação da Lua foi com Venus, pela técnica de Ptolomeu Venus e Jupiter são seus regentes da Alma. Tratam-se dos 2 planetas benéficos, um bom testemunho; porém estando ambos na XII podemos esperar pelo pior que esses dois são capazes de oferecer. Ptolomeu descreve a alma regida por Jupiter e Venus mal posicionados como sendo (entre outros atributos) "luxuriosa, amante da vida mansa, afeita à dança, pródiga, lasciva, afeiçoada à ornamentos, preguiçosa, passional, apaixonada por ritos religiosos, graciosa, confiável, alegre, inclinada à liberalidade mesmo no infortúnio".


PREVALÊNCIA DOS MALÉFICOS

Apesar de sua alma jovial e artística e do temperamento doce, o mapa de Patti é dominado por planetas em signos regidos pelos maléficos: Sol e Marte estão em Capricórnio, signo de Saturno e Marte; Júpiter e Venus estão em Escorpião, casa de Marte; Mercúrio e Lua, apesar de estarem em signos de Jupiter, estão nos termos dos maléficos.

A prevalência e força deles (especialmente de Marte) em seu mapa ajuda a entendermos a verve punk e rebelde de sua arte, inclusive explicando o aspecto austero de sua mais icônica fotografia - que veio a estampar a capa de Horses. Marte é o planeta mais bem dignificado do mapa, agindo, por isso, como "Senhor da Genitura".




Marte como Senhor da Genitura sugere que o melhor de Patti vem não através de seu temperamento sanguíneo, tampouco da tendência secundária fleumática (fria e úmida), e sim de um relativo ressecamento de sua índole, no sentido de um caráter sanguíneo-colérico. (certamente, o ponto alto de seu canto está na irreverência e mesmo em sua esporádica aspereza).


CARREIRA E FAMA

1-A importância das viagens

Além da ênfase em Mercúrio, há outros testemunhos que tratam da carreira artística: temos Marte, o regente da 5 (casa ligada à entretenimentos, shows e diversões) na casa 2 (o ganho de vida) - Marte costuma trazer problemas, mas neste caso oferece seu melhor, já que está exaltado e trata-se de um mapa noturno (o que "esfria a cabeça" do senhor da guerra).

O regente da III (comunicação) está na 11ª casa à partir da Fortuna, chamado de "local da aquisição" - que neste mapa cai na casa IX, associada à viagens ao estrangeiro. Tudo isso sugere ganhos através de viagens. Isso se confirma também pela presença do Sol, regente da IX (viagens) na casa II (ganho de vida), onde é recebido por Marte, que governa a V (criações artísticas).


2-Arte maldita

A Parte do Espírito está na casa IV, conjunta à Lua e regida por Júpiter junto a Venus na XII. A casa IV versa sobre as coisas enterradas, a Lua rege as histórias e narrativas, e Júpiter está conjunto à Venus na XII, uma casa de isolamento e maldição. Vejo aí um testemunho de sua devoção quase religiosa com artistas marginais - poetas malditos, alcoólatras, suicidas - de Sylvia Plath a Van Gogh, de Rimbaud a Frida Kahlo, entre outros - chegando a viajar à diversos países para visitar seus túmulos e lhes deixar oferendas.


3-Altos e baixos

3-1: Começo da carreira

As direções (técnica de previsão) aplicadas em seu Meio do Céu (MC) oferecem uma visão interessante sobre sua carreira - e sugerem um ajuste de -4 minutos em seu horário de nascimento.

Durante os primeiros 5 anos da década 70 o MC - significador de visibilidade - estava nos termos de Venus, que em seu mapa ocupa posição cadente (fraca). Durante este período ainda era bastante desconhecida, embora tenha atingido certa notoriedade com a publicação dois livros de poesia em 1971. As direções do seu MC registram neste período um sextil com o Sol: indicativo de alguma notoriedade.

3-2: Sucesso

Em 1974 ela grava o disco Horses, que viria a lhe tornar verdadeiramente famosa (um album que, mesmo 3 décadas depois, ainda vendia em quantidade significativa, e foi considerado pela Rolling Stones um dos 100 álbuns mais influentes da história do rock). Neste ano (com o ajuste de 4 minutos que sugeri) o MC dirigido faz um sextil com Marte, planeta que em seu mapa natal rege a casa V (das criações artísticas) e está exaltado na casa II (do ganho de vida). Como se trata de Marte, a melhora de vida vem associada à conflitos - para a gravação do Horses ela convidou John Cale, do Velvet Underground, para produzir o disco - um processo que foi repleto de atritos. Segundo o próprio, foi como se "uma força imutável encontrasse um obstáculo inamovível". Contudo, em retrospecto, vieram a considerar que o atrito contribuiu pela genialidade do album, conseguindo enfim reproduzir em estúdio o vigor de suas performances live.

3-3: Acidente

Seu período de maior fama ocorre enquanto o MC transita pelos termos de Mercúrio, um planeta angular (forte) em seu mapa. Ao fim de 1977 se acidentou, caindo de um palco durante a performance e fraturando várias vértebras, sendo então forçada a freiar sua carreira. Durante os anos 80 dedicou-se principalmente ao casamento e a criação de dois filhos.

O período do acidente coincide com a direção do Ascendente (significador do corpo físico) nos termos de Venus, planeta que rege sua casa VI (ligada à acidentes e ferimentos) e que ocupa a casa XII, ligada à internação médica e isolamento social.

***

Na década de 90, após vários anos de hiato, reassumiu sua carreira musical, tendo lançado em 2012 seu 11º album, Banga (que aliás é muito bom).





Aqui tem mais informações sobre os serviços astrológicos que ofereço. Caso tenha interesse em fazer seu próprio mapa, basta entrar em contato através da página Rota 32 no facebook ou por e-mail (iagopontope@gmail.com).

(1) e aplicando ao seu próprio Mercúrio natal, que fica à 24º de Sagitário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário