sexta-feira, 3 de novembro de 2017

VACA PROFANA - Lua Cheia em Touro e Lunação de Libra


Vaca Profana de divinas tetas, derrama teu leite bom em minha cara - e o leite mau na cara dos caretas!

Lua Cheia em Touro. Touro, exaltação da Lua, tetas plenas de leites, plena de luz!

A Lua, quando cheia, é completa em si mesma. Supera a sua dependência de nutriz-se da luz do Sol, atingindo o máximo de distância dele (em longitude).

A Rainha e o Rei, erguidos em signos opostos, rivalizam então em brilho (e beleza), disputando o título de grande Luminária do Céu. O poder do Deus Sol é o espírito, o poder da Deusa, a terra que lhe acolhe e lhe dá forma.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

A Beleza Será Convulsiva, ou Não Será

Loïs Mailou Jones, design têxtil para Cretonne, 1928

No recente pânico moral que se levantou contra alguns ramos da Arte, lado à lado com a discussão sobre nudez e pedofilia, frequentemente emergiram também brados de "isso não é arte", contrastando as obras de estilística chocante (e também as artes demasiado conceituais) com as obras de artistas neo-clássicos ou até mesmo modernistas e surrealistas (!). "Você colocaria este quadro na parede de sua casa?", bradaram indignados os novos críticos.

Já argumentei aqui no blog que é um terrível empobrecimento pautar a Arte como uma sub-seção da Decoração. Realmente, nas paredes de nossas casas, a maioria de nós prefere imagens que transmitam conforto, porque a função principal de uma casa é possibilitar o refúgio das labutas do mundo. Não há nada de errado nisso, mas a vida não se restringe ao harmônico, a arte não apenas um refúgio mas também uma luta - e uma dose planejada de desarmonia pode ser ela mesma salutar, como reza o velho adágio sobre venenos na dose certa.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Lunação de Virgem: o Oco da Terra e a Queda do Céu

Designs por Sonia Delaunay , fotogrfia por Edward Steichen , 1925

Na madrugada desta quarta-feira a Lua, já totalmente sem luz, encontrou-se ao Sol, dando início à outra lunação que irá durar pelos próximos 29 dias. A lunação destaca importância de Mercúrio, que assume também o comando de 5 dos 7 planetas que vagueiam pelos céus - Venus, Marte, Sol, Lua e Mercúrio estão todos em Virgem, o signo onde Mercúrio está em casa (domicílio) e em seu melhor estado (exaltação).

Virgem é um signo cuja qualidade é a terra mutável. A terra é fria e seca, ou seja, sua natureza é contrair-se ou conservar-se em si. Em seu estado mutável, permite que a matéria seja organizada e esculpida de maneira incremental e detalhada. Virgem é um signo pouco acolhedor pros planetas ditos benéficos, Jupiter e Venus: não há espaço aqui pra fusão ambígua dos opostos, voos altos e transcendência: o que há, e há de sobra, é a perfeição da técnica, a medida exata, o cuidado e o rigor.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

O CAPITALISMO NÃO É UM SISTEMA SOCIAL


Aleksander Rodchenko, Maquette for War of the Future, 1930

é precisamente a falta de um.

Imagine um pulha que não liga pra nada. E ele tem armas.

Ele toma pra si terras e máquinas. Ele abre pros outros trabalharem nelas - quer dizer, trabalhar pra ele. Nos termos dele.

Ele tem dinheiro. Mas esse dinheiro só significa alguma coisa pois garante acesso à comida, moradia e diversões, que por sua vez dependem de terras, máquinas, e gente trabalhando nelas. Gente botando fé que trabalhando nelas, vai poder ter acesso a casa, comida e diversão.

E só há terras e máquinas pra as pessoas trabalharem se há armas pra conquistá-las e depois defendê-las de outros pulhas.

Então, dinheiro é uma forma organizar os saldos do poder armado.

domingo, 23 de julho de 2017

O Rei Chegou - 1ª Lunação de Leão (Julho e Agosto de 2017)


"O Rei Chegou, Viva o Rei" Por Jorge Ben (1975)


Hoje de manhã, cerca de 9:45, o Sol e a Lua se encontaram em longitude, encerrando a Lunação anterior, do signo de Câncer, e dando início à um novo mês lunar (lunação), dessa vez no signo de Leão - a casa dourada do Sol. Este ano, em especial, teremos duas lunações seguidas no signo de Leão, das quais a segunda será um eclipse visível de toda a América do Norte.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

O GRANDE APRISIONADOR (Parte II)


Peter Zokosky, "Attraction" (2008)

UM CLARÃO EM MEIO À ESCURIDÃO

"Como caíste do céu, ó Lucifer, filho da alva!"
Isaías 14:12

Conforme a Luz descende, o Inferno, até então escondido, se revela.

E o Inferno é a Matéria, o Caos, a receptividade original, a Deusa antes de parir o universo.

E a Luz é uma contaminação. A matéria está sendo contaminada pela Luz. Ela reage à esta estranha presença, criando o fantasma do Mal.

O Diabo em sua queda é o bode expiatório à quem foi confiada a maior e mais ingrata de todas as tarefas: levar a tocha pra dentro da caverna. É por culpa dele que enxergamos. E como odiamos enxergar!

terça-feira, 9 de maio de 2017

SATURNO




Saturno é um mundo em ruínas.

Palácios caindo aos pedaços, pilastras de mármore em meio aos sapos, prédios abandonados cheios de poças no chão.

É a hecatombe ecológica,
a terra água e ar envenenados, pilhas de entulho, resto enferrujado de ferrari e embalagens de batata-frita, polaróides apagadas e tevês espatifadas.

Saturno é o cérebro frito da máquina,
o registro inflexível do algoritmo, o controle 24 horas, estado policial,  a agência de espionagem, o triunfo do asfalto sobre o mato, da burocracia sobre a criatividade, da crítica sobre a fé.